quarta-feira, 6 de junho de 2018

JÔ MARAES CRITICA SUBSERVIÊNCIA DO BRASIL AOS ESTADOS UNIDOS

Membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, a deputada Jô Moraes (PCdoB-MG) critica o avanço das tratativas entre Brasil e Estados Unidos sobre a Base de Alcântara. De acordo com a parlamentar, é preciso um debate sobre a garantia de preservação da soberania.

Richard Silva/PCdoB na Câmara

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, virá ao Brasil nos dias 26 e 27 de junho. Na ordem do dia estadunidense estão políticas de segurança invasivas, utilização da Base de Alcântara, entraves para a integração latino-americana e visita “estratégica” à região amazônica.

“A própria justificativa utilizada por ele [Aloysio Nunes, ministro das Relações Exteriores] é uma expressão de absoluta subserviência. Como todo o satélite no mundo tem equipamentos produzidos pelos americanos, a gente só pode tratar desse assunto se conseguir autorização dos Estados Unidos?”, questiona a parlamentar.

Negociação sobre a Base de Alcântara "é uma expressão de absoluta subserviência", diz Jô Moares (PCdoB-MG)

Fonte: PCdoB na Câmara

[Portal Vermelho]

Nenhum comentário: