quarta-feira, 11 de julho de 2018

MULHER QUE APANHA DO MARIDO HÁ 11 ANOS FAZ DESABAFO: ''CANSEI DE ME CALAR''

“Cansei de me calar. Estou aqui para quem quiser ver. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz”. Espancada na frente dos filhos, mulher que sofre violência há 11 anos decide dar um basta. Mesmo assim, houve ainda quem culpasse a vítima


Agredida covardemente pelo ex-marido, a maquiadora Jackeline Mota publicou nas redes sociais uma imagem chocante da violência que sofreu.

A mulher teve o nariz quebrado após levar um soco. Tudo ocorreu diante dos filhos. A postagem com o relato das agressões recebeu milhares de curtidas e compartilhamentos.

“Cansei de me calar. Estou aqui na UBS para quem quiser ver. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz”, escreveu Jackeline.

Com a repercussão do post, a mulher fez outra publicação em que contou mais detalhes sobre a relação com o ex-marido e disse que apanhou durante 11 anos.

“Vocês acham que eu gostava de apanhar? Vocês acham que eu era feliz sendo traída e ofendida com os piores nomes possíveis?”, questionou.

Ela disse que tentou por fim ao relacionamento antes, mas nunca conseguia.

“Por várias vezes tentei me separar, mas aí a perseguição era tanta, e não atingia só a mim, era meu trabalho, minha família… Diante das perseguições eu acabava voltando, até que depois de 11 anos encontrei forças em Deus pra criar coragem e sair daquela situação.”

Por fim, ela deixou um alerta para as mulheres que vivem em um relacionamento abusivo: “Mulheres, não se calem. Não tenham medo. Se o medo for da morte, entendam que vocês que vivem uma situação destas dentro de casa estão com a alma morta em um corpo que apenas existe, não vive.”

Jackeline registrou um boletim de ocorrência sobre a agressão. Após passar pela Unidade de Pronto Atendimento de Araçariguama ela aguarda vaga para fazer uma cirurgia no Centro Hospitalar de Sorocaba (CHS).

O agressor de Jackeline é Carlos Henrique Evangelista de Oliveira. Ele é assessor de um vereador da cidade de Araçariguama (SP).



Nenhum comentário: