quarta-feira, 6 de junho de 2018

EM AUDIÊNCIA, ADVOGADO DÁ VOZ DE PRISÃO A JU

Seguindo exemplo de Cristiano Zanin, agora qualquer advogado se sente no direito de afrontar magistrado e, pasmem, dar voz de prisão.


Uma cena grotesca e até cômica, numa audiência num juizado de Pequenas Causas.

O advogado, totalmente alterado, deu voz de prisão a magistrada. Um caso inusitado e ridículo.


Os fatos aconteceram no Fórum Sarney Costa, em São Luiz (MA) na manhã desta terça-feira (5).


A juíza Andréa Lago, numa discussão com o advogado Tufi Maluf, mandou que ele se calasse.

O advogado estava claramente atrapalhando o bom andamento da audiência.

A juíza então ameaçou chamar o policiamento para conter o cidadão.

Neste momento, Maluf deu voz de prisão a juíza, segundo ele por ‘abuso de autoridade’, sob a alegação de que ela havia lhe mandado calar a boca e tinha lhe dado voz de prisão, o que configuraria o tal abuso. O advogado também desacatou os policiais.

A audiência não prosseguiu, o advogado foi contido, mas ninguém acabou preso.


 CONFIRA O VÍDEO:

Nenhum comentário: