quarta-feira, 2 de maio de 2018

CURITIBA RECEBE MAIS DEZ AMBULÂNCIAS PARA RENOVAR A FROTA DO SAMU



Nesta quarta-feira (2/5), o prefeito Rafael Greca e a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak, entregaram dez ambulâncias à frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em cerimônia no Hospital do Idoso Zilda Arns, no Pinheirinho.

Com a entrega, são 22 veículos novos substituindo antigos em 15 meses de gestão do prefeito Rafael Greca. Isso equivale a uma renovação de 85% da frota do Samu, que é composta por 26 ambulâncias.

“Ambulâncias novas significam menos manutenção e mais rapidez na chegada ao local em que a vida pode ser salva, que é a UPA ou o hospital municipal”, destacou Greca.

Os veículos começarão a rodar nesta quinta-feira (2/5) e foram repassados pelo governo federal. O investimento nas dez ambulâncias foi de R$ 1,76 milhão, valor anunciado em março pelo então ministro da Saúde Ricardo Barros.

A secretária Márcia Huçulak anunciou que o governo federal vai repassar mais quatro ambulâncias para Curitiba. “Com o apoio da vereadora Maria Manfron e do deputado federal Luciano Ducci, que reforçam nossos pedidos em Brasília, virão mais quatro veículos para integrar o pacote de 22 ambulâncias que substituíram uma frota sucateada”, disse.

Com a entrega, a frota do Samu em Curitiba fica renovada e dentro do prazo de validade aceitável, que é de três anos. Na cerimônia, as equipes do serviço também receberam maletas com materiais para atendimentos.

O condutor socorrista do Samu Marcos Aurélio da Silva elogiou os novos veículos: “O principal ganho é para a segurança do paciente, além da nossa própria segurança, com veículos novos”, disse Marcos.

Os dez novos veículos e outras duas ambulâncias doadas pelo governo estadual em março (com o valor de R$ 131 mil cada) receberam a bênção do padre Maurício Costa, da Paróquia São José Operário.

A frota

Das 22 novas ambulâncias entregues para Curitiba, 19 foram cedidas pelo governo federal e três pelo governo estadual. Das 26 ambulâncias que compõem a frota do Samu, nove são de suporte avançado, 15 de suporte básico e duas de apoio ao Siate (sendo uma avançada e outra básica).

Também neste ano, a Prefeitura adquiriu, em parceria com o governo estadual, uma ambulância para o transporte sanitário de pacientes no Tatuquara.

“Meu compromisso com a Saúde não era conversa de véspera de eleição, ele se materializa com as maiores dotações orçamentárias de toda a história do município para a Saúde”, ressaltou Greca. Em 2017, a Prefeitura investiu 22,01% da receita líquida do município em melhorias no atendimento nas unidades de saúde e nos hospitais da cidade.

O Samu faz cerca de 390 atendimentos por dia com uso de ambulâncias, um número 26% maior em relação ao início de 2017.

Presenças

Participaram da cerimônia a vereadora Maria Manfron; a coordenadora de Políticas para Mulher de Curitiba, Terezinha Beraldo; os administradores regionais João Cordeiro (Pinheirinho), Jadir Lima (Tatuquara), Gerson Gunha (Portão) e Ricardo Dias (Boqueirão); a superintendente executiva da Secretaria Municipal da Saúde, Beatriz Battistela Nadas; o diretor do Sistema de Urgência e Emergência de Curitiba, Pedro Henrique de Almeida; a diretora da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes), Adriana Moreira Kraft; e a diretora executiva do Hospital do Idoso Zilda Arns, Keity Daniela Arias.

Nenhum comentário: