sábado, 11 de março de 2017

CHINESES ANUNCIAM INTERESSE EM AMPLIAR PARCERIAS COMERCIAIS COM O PARANÁ

O governador Beto Richa recebeu nesta sexta-feira (10), no Palácio Iguaçu, o cônsul-geral da China em São Paulo, Song Yang, e uma comitiva de empresários e executivos chineses, que procuraram o Paraná para fortalecer a parceria comercial com o Estado. A China é um dos maiores importadores de produtos paranaenses, principalmente de proteínas animais, soja, papel e celulose. 

A proposta do Governo, agora, é ampliar a participação na economia paranaense com a atração de investimentos de empresas chinesas. “A China é uma grande parceira comercial do Paraná e do Brasil. Temos interesse em consolidar as boas parcerias que temos e receber novos investimentos em nosso Estado” disse Richa. “O Paraná está de portas abertas para as empresas chinesas, que podem trazer um desenvolvimento mais vigoroso e gerar mais empregos para os paranaenses”, destacou. 

Segundo ele, os programas do Governo do Estado para atração de investimentos privados, fortalecimento das empresas públicas e os investimentos em infraestrutura fazem com que o Estado se destaque no cenário nacional. “O Paraná passa pelo maior ciclo industrial de sua história. Com os programas de governo que implantamos para garantir estabilidade e segurança jurídica conseguimos reinserir o Estado na agenda nacional e internacional de investimentos”, afirmou o governador. 

O cônsul-geral explicou que a condição do Paraná no cenário nacional atrai o interesse dos empresários chineses. “A China tem importantes parcerias e quer, neste momento, fazer mais investimentos no Estado, considerando que o Paraná é a quinta economia do País, tem uma boa gestão e uma economia variada”, disse Yang. 

Ele citou o interesse em investimentos principalmente nas áreas de logística, infraestrutura, energia, telecomunicações e no agronegócio. “Queremos conhecer melhor o Estado, trazer mais investimentos, fechar mais negócios e aprofundar os nossos laços de amizade e cooperação”, salientou. 

PROSPECÇÃO – O presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento (APD), Adalberto Netto, ressaltou que o Estado prioriza a China na atração de investimentos. Ele lembrou que uma comitiva liderada pelo governador Beto Richa esteve no país em 2015 em busca de novos negócios com empresas chinesas. 

“Fizemos uma análise dos países que estavam investindo na América do Sul e tinham potencial de negócios, e a China apareceu em primeiro. Por isso, priorizamos o país na agenda de prospecção de investimentos para o Paraná”, explicou Netto. “Eles também têm interesse no Paraná, porque o governo fez vários ajustes que chamam a atenção dos investidores”, disse. 

Além das parcerias já consolidadas no setor do agronegócio, o interesse do Estado é atrair investimentos na área de tecnologia. “A China é uma das líderes de patentes e inovação tecnológica. O Paraná precisa se alinha com isso para ter um espaço maior no mercado”, acrescentou.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o diretor-presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho; o conselheiro-geral do Consulado Geral da China, Yu Yong; os vices-cônsules do Consulado Geral da China, Niu Tão e Yu Huiyong, e os empresários chineses.

Nenhum comentário: