sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

THE GUARDIAN IRONIZA MATÉRIA DE REVISTA DE LUXO BRASILEIRA

“O que dizer às crianças quando os papais são levados pela Polícia Federal?”. Revista brasileira vira piada internacional após matéria que tenta solucionar o 'principal problema' da elite no Brasil



O jornal britânico The Guardian publicou nesta quarta-feira (21) uma matéria analisando a reportagem da revista brasileira Poder, da jornalista Joyce Pascowitch, sobre o impacto psicológico de escândalos de corrupção sobre os filhos dos pais encarcerados.

Nesta terça-feira (20), o texto da revista brasileira viralizou de forma negativa, causando indignação nas redes, e virou, inclusive, motivo de chacota.

O Guardian ressalta que em um país onde grande parte da classe política está envolvida em casos de corrupção, os leitores brasileiros têm se acostumado com as manchetes sobre a prisão de políticos e empresários poderosos.

Mas, continua o jornal britânico, uma revista para e sobre “pessoas influentes” provocou repulsa com um artigo em sua última edição, intitulado: “O que dizer às crianças quando os pais são levados pela Polícia Federal.”

A manchete rapidamente ganhou as redes em um país que tem sofrido por quase três anos uma gigantesca investigação de corrupção envolvendo políticos, executivos e intermediários de contratos ilícitos com a Petrobras, descreve o jornal, lembrando que entre centenas de ricos e poderosos presos na Operação Lava Jato estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e Marcelo Odebrecht, ex-presidente de uma das empresas mais poderosas do Brasil.

Na edição de dezembro, a revista Poder pediu a um psiquiatra conselhos sobre como lidar com crianças cujos pais haviam sido presos.

A editora da revista, Joyce Pascowitch, saudou a exposição da publicação, cuja tiragem é de apenas 30 mil exemplares mensais. “Para nós foi excelente!”, disse Pascowitch ao The Guardian.

Em um sinal de como o escândalo afetou a sociedade brasileira, um parente distante da editora, Milton Pascowitch, foi um dos intermediários presos que está colaborando com a investigação e agora usa uma tornozeleira eletrônica.

Fabio Dutra, um dos editores da revista, disse que os agentes da Polícia Federal também enviaram o artigo para seus grupos do WhatsApp.

A ideia foi sugerida por um dos anunciantes da Poder, cujas crianças estudam em uma cara escola privada onde os pais de outros estudantes foram presos na investigação. Um garoto ganhou 10 quilos em um mês e ficou deprimido, argumentou Dutra.

Na reportagem em questão, o psiquiatra Lee Fu-I deu conselhos sobre o que esperar da reação de crianças cujos pais foram presos e como lidar com as consequências da família.

O site Sensacionalista também fez piada com a publicação. VEJA AQUI.

Jornal do Brasil

Nenhum comentário: