sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

SERGIO MORO SEQUESTRA APARTAMENTO VIZINHO DE LULA

Antes de entrar oficialmente de férias, Sergio Moro ordena sequestro de apartamento vizinho ao que Lula mora em São Bernardo. Ex-presidente mora no mesmo prédio há mais de 20 anos

Lula mora no mesmo prédio, em São Bernardo, há mais de 20 anos


O juiz federal Sérgio Moro determinou o sequestro do apartamento 121 do Edifício Hill House, em São Bernardo do Campo, vizinho ao 122 onde mora o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo o Ministério Público Federal, o petista ocupa o apartamento 121 que pertence a Glaucos da Costamarques, primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula e já condenado na Operação Lava Jato.

A força-tarefa da Lava Jato sustenta que o petista é o verdadeiro proprietário do 121, que ele teria recebido como propina da empreiteira Odebrecht.

“Decreto o sequestro do imóvel consistente no apartamento n.º 121, de matrícula 86.622 do 1º Registro de Imóveis de São Bernardo do Campo/SP, diante dos indícios de que foi adquirido com proventos do crime”, ordenou.

O magistrado destacou que “muito embora tenha sido encontrado um contrato de locação entre Glaucos da Costamarques e a esposa do ex-presidente, Marisa Letícia Lula da Silva, não teriam sido identificadas quaisquer provas documentais do efetivo pagamento do aluguel”.

“Glaucos da Costamarques, embora tenha adquirido, por escritura, o imóvel consistente no referido apartamento 121 em São Bernardo, na data de 20 de setembro de 2010, não tomou qualquer providência para registrá-lo em seu nome, salvo em 2016, o que pode ter sido motivado exclusivamente pelo avanço das investigações em relação ao ex-presidente”, anotou Moro.

“Registre-se que a vendedora do imóvel a Glaucos da Costamarques teria ainda declarado que, quando da venda do imóvel, teria lhe sido informado que a alienação seria para o ex-presidente e não para o formal comprador.”
Férias

Sergio Moro aceitou a mais recente denúncia contra Lula na véspera de sua folga. Moro ficará em recesso do dia 20 de dezembro a 6 de janeiro de 2017 e deverá emendar as férias.

O juiz só voltará a despachar no final do primeiro mês do ano. Durante o recesso, o plantão ficará com a 12ª Vara Federal de Curitiba. Já durante as férias do juiz, quem assume é a juíza substituta Gabriela Hardt.

Nenhum comentário: