sábado, 10 de dezembro de 2016

LULA PROCESSA ADVOGADO DA LAVA JATO E SERGIO MORO LAMENTA

Juiz Sergio Moro diz que é "lamentável" que o ex-presidente Lula processe um delegado da Lava Jato

Delegado Filipe Hille Pace, Lula e Sérgio Moro (Imagem: Pragmatismo Político)


Jornal GGN

O juiz Sergio Moro escreveu em um despacho de quinta (8) que é “lamentável” que o ex-presidente Lula processe um delegado da Operação Lava Jatopor danos morais, após ter sido acusado de ser o “amigo” de Emílio Odebrecht numa lista que poderia indicar pagamento de propina. O delegado Filipe Hille Pace fez o apontamento sobre Lula sem sequer ser o responsável pelo inquérito.

Por conta disso, a defesa de Lula entrou com uma ação que Moro considerou inapropriada. “Lamentável que autoridades públicas, no exercício de seu dever legal, fiquem sujeitas a retaliações por parte de investigados ou acusados que confundem o exercício do dever funcional com ilícitos.”

Moro autorizou, no despacho, que a Advocacia Geral da União, que representa o delegado, tivesse acesso a dois procedimentos criminais que estão sob a guarda do juiz de Curitiba. “O interesse público reclama o deferimento do requerido para que a defesa da autoridade policial não fique prejudicada, já que a demanda não é apenas contra ela, mas também contra o serviço policial federal.”

A defesa de Lula quer que o delegado da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba pague R$ 100 mil por danos morais. “O réu inseriu em documento público afirmação ofensiva e mendaz relativa ao autor – sobre tema que sequer estava sob sua esfera funcional“, afirmam Roberto Teixeira, Cristiano Zanin Martins, Maria de Lourdes Lopes e Mauro Roberto G. Aziz, que defendem Lula.

A ação nº 1027158-14.2016.8.26.0564 tramita na 5ª Vara Cível, em São Bernardo do Campo (SP).

Nenhum comentário: