quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A INTEGRA DO PRIMEIRO DEPOIMENTO DE LULA A SERGIO MORO

Nesta quarta-feira, Lula deu seu primeiro depoimento a Sergio Moro. O ex-presidente falou por videoconferência com o juiz da Lava Jato e respondeu a questionamentos do advogado de Eduardo Cunha e de um representante do MPF. Confira a íntegra



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi ouvido pela primeira vez, no fim da tarde desta quarta-feira (30), pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância (assista abaixo).

Lula foi arrolado como testemunha de defesa pelos advogados de Eduardo Cunha na ação penal que a força-tarefa move contra o ex-deputado, que também participou da audiência na Justiça Federal.

O depoimento foi prestado por meio de videoconferência. Lula respondeu às poucas perguntas feitas pelo Ministério Público Federal e pelos advogados de Cunha em uma audiência rápida que estava marcada para começar as 17h30.

Pouco depois das 18h, o ex-presidente deixou o prédio da Justiça Federal em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, onde a sessão foi realizada. Ele não falou com a imprensa.

O ex-presidente foi questionado especificamente sobre as nomeações de cargos dentro da Petrobras.

“A nomeação de Cerveró se deu da mesma forma que outros membros da direção da Petrobras. A indicação é feita numa conversa entre o ministro da área com o partido ou a bancada do partido que fez coalização com o governo. Essa pessoa vem, através do ministro de relações institucionais, para a Casa Civil, que manda para o GSI [Gabinete de Segurança Institucional]. Se não tiver nada contra essa pessoa, ela é indicada para o conselho da Petrobras, que é quem nomeia”.

Perguntado, Lula negou ter conhecimento sobre a participação de Cunha na nomeação de Zelada e nos negócios para a compra do campo de petróleo em Benin.
Confira a íntegra do depoimento de Lula:

Nenhum comentário: