sexta-feira, 3 de junho de 2016

MULHER É COVARDEMENTE AGREDIDA PELA PM DURANTE PROTESTO CONTRA TEMER

Mulher é agredida pela PM de São Paulo em ato contra os cortes do programa Minha Casa, Minha Vida. Covardia foi registrada em vídeo




A Polícia Militar do Estado de São Paulo agiu com truculência na tarde desta quarta-feira (1) ao desocupar a Secretaria da Presidência da República, na avenida Paulista, que era alvo de protesto contra o governo Temer.

Um vídeo publicado pelo BuzzFeed Brasil (assista abaixo) mostra um policial enforcando uma mulher que já estava caída.

Em nota, o MTST repudiou a violência policial e informou que ao todo 6 pessoas foram detidas e encaminhadas ao 78º DP, localizado na Rua Estados Unidos, nos Jardins.

NOTA DO MTST

“A todos que a apoiam a luta popular,

Como é de conhecimento de todos (as) a polícia militar reprimiu fortemente agora a pouco os manifestantes do MTST e da Frente Povo Sem Medo na Av. Paulista.

Até o momento são 6 companheiros presos que encontram-se na 78ª DP e vários companheiros feridos em virtude da violência e da covardia da Polícia Militar de Geraldo Alckmin.

A ocupação do escritório regional da presidência de São Paulo permanece ocupada, tanto dentro como do lado de fora do prédio.

Solicitamos todo apoio possível, divulgação nas redes sociais, presença em apoio a ocupação, assim como companheiros do direito que possam dar assistência aos nossos presos no 78ª DP.”

NOTA DA SSP

Em nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirma que a intervenção policial foi necessária para impedir a ação dos manifestantes, e que um policial militar foi ferido no confronto. “Foram detidas seis pessoas por dano, desacato e periclitação da vida [colocar a vida de alguém em risco]”, de acordo com a SSP.VÍDEO:

Nenhum comentário: