sexta-feira, 27 de maio de 2016

REUNIÃO DE MINISTROS COM ALEXANDRE FROTA A EDUCADORES DO BRASIL

"Imaginei que, numa altura dessas da vida, nada mais me chocasse em política. Me enganei", diz escritor. Audiência de Mendonça Filho (DEM-PE) com Alexandre Frota e Revoltados Online para receber dicas e propostas continua sendo alvo de críticas. Ministro da Educação divulgou uma nota para justificar o encontro



O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), divulgou nota para justificar a polêmica causada pelaaudiência que teve com o ator Alexandre Frota e integrantes do grupo extremista Revoltados Online. “Não discrimino ninguém. Conheci Frota no movimento pró-impeachment”, disse.

Mendonça não deu detalhes sobre o encontro, mas os ativistas afirmaram ter apresentado pauta de reivindicações sobre educação, entre elas a defesa de projetos de lei que buscam evitar “doutrinação ou assédio ideológico” de alunos por parte de professores — propostas que defendem o fim de disciplinas como a Filosofia e Sociologia.

Em seu perfil no Instagram, Frota postou foto do encontro. “Estive com o Ministro da Educação hoje, e pude colocar algumas ideias para ajudar um país que eu amo”, escreveu o ator.

               ‘Afronta aos educadores brasileiros’

Para Robson Sávio, doutor em Ciências Sociais e professor da PUC, a audiência do ministro Mendonça Filho para ouvir de Alexandre Frota propostas para a Educação foi uma afronta aos educadores e educadoras do Brasil.

“Tudo tem limite, diz o velho ditado popular. Porém, nessa semana chegamos a seguinte conclusão: o governo interino de Michel Temer não tem limite. O que vimos hoje é uma abissal afronta aos educadores e educadoras desse país. Um país cujo sistema educacional precisa de mais atenção, investimento e respeito por parte dos governantes e que recebe, deste governo um tapa na cara despudorado”, disse.

Robson destacou ainda que Mendonça Filho não tem capacidade para gerir uma pasta tão importante. “O atual ministro da Educação é um sujeito que, pelo currículo, não seria, por mérito, nem diretor de escola. Seu conselheiro [Alexandre Frota] há algum tempo atrás notabilizou-se por fazer apologia ao estupro em plena rede nacional de TV. Realmente, deve ser um grande especialista em educação”.
‘Episódio grotesco’

De acordo com o escritor e jornalista Lira Neto, o encontro do ministro da Educação com Alexandre Frota foi uma das coisas mais grotescas da história recente do Brasil.

“Imaginei que, numa altura dessas da vida, nada mais me chocasse em política. Mas a imagem de Frota sendo recebido em audiência por um ministro da Educação é, sem dúvida, uma das cenas mais grotescas de que se tem notícia em toda a história da República brasileira”, disse

Nenhum comentário: