domingo, 1 de maio de 2016

GOVERNADOR DO PARANÁ DEFINE PLANO PARA DUPLICAR MAIS DE 75 QUILÔMETROS DE RODOVIAS

O Governo do Paraná pretende lançar mais duas novas duplicações de rodovias no Sudoeste e no Norte do Estado. Em reunião, nesta sexta-feira, 29, o governador Beto Richa e o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, avaliaram as formas de iniciar as obras de duplicação da PR-280, entre Pato Branco e Francisco Beltrão, e na PR-445, em Londrina. Seriam mais 75 quilômetros em duplicação, que se somariam aos 396 quilômetros já em obras. 

"Estamos avaliando várias possibilidades, priorizando os trechos de maior demanda e as regiões que mais necessitam de investimento", disse o governador. "Nossa perspectiva é ampliar consistentemente os investimentos em transporte e logística neste ano, acelerando o processo de modernização da nossa infraestrutura a fim de tornar a produção paranaense ainda mais competitiva", acrescentou Richa. 

SUDOESTE 

 Serão duplicados os 48,3 quilômetros de rodovias, entre Pato Branco e Francisco Beltrão. No mesmo projeto, será executado o contorno de Pato Branco, melhorando a trafegabilidade na PR-280, um dos mais importantes eixos rodoviários da região. As obras seriam feitas com recursos do Estado. 

Além desta duplicação, o Departamento de Estradas de Rodagem está concluindo a avaliação da proposta do Consórcio Caminhos do Sudoeste, que pretende modernizar a rodovia de Realeza até Palmas. A previsão é que a avaliação do DER seja concluída ainda em maio, para depois ser analisada pelo Conselho Gestor de Concessões. “A intenção do Estado é acelerar os processos de duplicação destes trechos, acabando com mais estes gargalos rodoviários e garantindo mais segurança aos motoristas dessas regiões”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. 

NORTE 

 Já na PR-445, o Estado avalia a duplicação de mais um trecho, que daria continuidade a atual duplicação, indo até a PR-539. A nova duplicação faz parte das ações do governo estadual para modernizar o acesso entre Londrina e Mauá da Serra. A ampliação da capacidade deste trecho seria custeada pelo DER. 

Atualmente estão em duplicação as rodovias PR-415, entre Curitiba a Piraquara, PR-445, entre Cambé e Londrina, BR-376, entre Ponta Grossa e Apucarana, PR-317, entre Floresta e Campo Mourão, a BR-376, entre Nova Esperança e Paranavaí, e a BR-277, entre Matelândia e o acesso a Ramilândia.

Nenhum comentário: