terça-feira, 26 de abril de 2016

BRDE LIBERA MAIS DE R$ 9 MILHÕES EM FINANCIAMENTO PARA EMPRESAS NO NORTE

O BRDE liberou  R$ 9,1 milhões no dia 13 deste mês, para empresas da Região Norte do Paraná, para financiamento de cinco projetos nas áreas de saúde, gastronomia, geração de energia, comércio e tecnologia. Os contratos foram assinados pelo diretor de Operações do BRDE, Wilson Quinteiro, e representantes das empresas durante a Expolondrina 2016. 

Também foram assinados contratos com produtores rurais vinculados às empresas Frangos Pioneiro, Granjeiro e Jaguafrangos, no valor de R$ 49,1 milhões. São recursos disponibilizados pelo Banco para uso pelos avicultores ao longo de 2016. 

O diretor Quinteiro apresentou programas do Banco, como o BRDE Energia e BRDE Municípios, e mostrou os resultados da instituição em 2015, com recorde de contratações de R$ 1,53 bilhão no Paraná. “O BRDE é um instrumento dos empreendedores de todo nosso Estado para o desenvolvimento, o fomento da indústria, do comércio, das empresas e do agronegócio”, disse. 

“O BRDE tem contribuído para crescimento econômico de todo o Sul do país. No Paraná, ajudou o Estado a se tornar a quarta economia nacional. Quando a economia cresce, todos ganham, com mais empregos, mais receita aos municípios e melhor qualidade de vida da população”, acrescentou o diretor. 

“Estamos muito contentes com o resultado. Nossa escola tem um conceito diferenciado, único na região, e só conseguimos viabilizá-la graças ao apoio do BRDE”, disse a empresária Ana Paula Lopes, que assinou contrato de R$ 275 mil para ampliação da Menu Escola de Gastronomia, aberta em 2015, em Londrina. 

A empresa nasceu do sonho de Ana Paula Lopes e de um amigo, ambos chefs de cozinha com ampla experiência, de criar uma escola de gastronomia diferente, capaz de atender desde os leigos até quem busca uma nova profissão. 

Outro contrato foi assinado com a empresa de tecnologia Ágile, também de Londrina. Os recursos do BRDE ajudarão no desenvolvimento de um novo produto da empresa, que atua há 15 anos no mercado e gera mais de 100 empregos diretos. 

A plataforma Ágile Blue, que deve ser lançada no mercado em junho, vai permitir que os gestores públicos transfiram para a internet toda a administração pública, agilizando os serviços tanto de servidores dos cidadãos. 

“Estamos muito otimistas. Mesmo que as condições gerais da economia e da política nacional não pareçam muito favoráveis, esperamos que este novo produto amplie ainda mais nossa presença no mercado”, disse o sócio proprietário da Ágile, José Carlos Urias. 

Segundo Urias, a experiência com o BRDE foi tão positiva que a empresa já pensa em buscar novos financiamentos através do banco. “A qualidade do atendimento, a seriedade e a agilidade no processo, bem como as condições e taxas de juros nos surpreendeu”. 

Para o superintendente da Agência Paraná do BRDE, Paulo Starke Junior, os cinco projetos que receberão os recursos do banco são uma mostra da grande variedade de linhas de crédito disponíveis, que atendem todas as áreas de negócio. “Algumas pessoas acreditam que o BRDE só financia grandes indústrias, mas isso não é verdade. Há linhas de crédito para o agronegócio, comércio, serviços, enfim, podemos atender praticamente todo tipo de negócio”, diz. 

CONTRATOS ASSINADOS NA EXPOLONDRINA 

• Clinimagem: R$ 1.740.000,00 

Os recursos serão usados na ampliação da clínica, com construção de nova sede de 797m2 e novos equipamentos. A empresa será a única da cidade a oferecer o serviço de ressonância magnética confiável em equipamento aberto, o que trará grande diferencial em relação a seus concorrentes. 

• Ricopeças: R$ R$ 2.600.000,00 

Financiamento para a construção de uma nova sede com 5.503m2. A ampliação permitirá a consolidação da comercialização de materiais de construção contemplando espaço para estoque e showroom, bem como espaço para a ampliação da área de armazenagem, montagem e comercialização de equipamentos eletrônicos. 

• Ágile: R$ R$ 2.800.000,00 

Financiamento da nova plataforma Ágile Blue, ferramenta que permite a inclusão de toda a gestão pública d na internet, oferecendo serviços web para cidadãos e funcionários públicos. O novo produto deve ser lançado no mercado no início do segundo semestre. 

• Menu Escola de Gastronomia: R$ 275.000,00 

Os recursos serão usados para complementar a implantação da empresa, fundada em 2015 para oferecer aulas de gastronomia para leigos e profissionais da gastronomia, oferecendo cursos de curta e longa duração. 

• Santa Fé: RS 1.171.000,00 

O projeto via a construção de uma pequena central hidrelétrica (PCH) no município de Santa Fé (PR), às margens do Rio Bandeirantes do Norte. O valor do contrato a ser assinado é um complemento aos recursos já liberados pelo BRDE ao projeto, R$ 17.090.000,00. 

• Produtores rurais 

Além desses, serão assinados também contratos com produtores rurais da região de Londrina vinculados às conveniadas Frangos Pioneiro, Granjeiro e Jaguafrangos. Com estas três empresas, o BRDE possui um convênio para disponibilizar até R$ 49.100.000,00 em financiamentos para produtores da cadeia de frango.

Nenhum comentário: